Nova variação da Covid-19 foi descoberta na África
Pixabay
Nova variação da Covid-19 foi descoberta na África

O aparecimento de uma nova variante da covid-19 ligou a luz de alerta em todo o mundo. Após a Organização Mundial de Saúde (OMS) chamar atenção para o potencial da nova linhagem, laboratórios brasileiros especializados em vírus respiratórios marcaram uma reunião com o Ministério da Saúde que deve acontecer ainda hoje (26). As informações são da coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

A variante B.1.1.529 tomou as manchetes desde a última terça, quando cientistas alertaram para o alto número de mutações e a capacidade maior de transmissibilidade. Laboratório Evandro Chagas, Instituto Adolgo Lutz e Fiocruz devem participar do encontro.

No Brasil, atualmente, a variante predominante é a Delta. Os cientistas não sabem explicar os motivos que fizeram com que a linhagem não se mostrou tão devastadora aqui como em países da Europa.

Na reunião, os laboratórios vão traçar uma estratégia para tentar identificar o mais rápido possível uma eventual presença da "Nu" no Brasil - a ideia é que seja adotado um protocolo único.

Nesta sexta-feira, o Ministério emitiu um alerta de risco sobre a variante, orientando que as secretarias de saúde notifiquem imediatamente caso detectem algum caso. Viajantes com sintomas vindos de países com histórico devem ser monitorados por 14 dias, e sem sintomas, por 7 dias.

Em nota técnica, a Anvisa recomendou um controle mais tídigo do governo brasileiro, em caráter temporário, em relação ao desembarque de passageiros de seis países do continente africano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários