Variante ômicron preocupa especialistas
Pixabay
Variante ômicron preocupa especialistas

De acordo com as autoridades de saúde da Holanda, 61 pessoas que chegaram ao país em dois voos vindos da África do Sul nessa sexta-feira (26) testaram positivo para a Covid-19. Ainda não se sabe com qual variante da doença os viajantes foram infectados. 

Todos esses passageiros foram isolados e passarão por testes neste sábado (27) para ver se algum deles está infectado com a variante Ômicron, recentemente descoberta . Na sexta, os viajantes já passaram por longas horas de espera e exames devido à mutação do vírus, que vem causando preocupação entre órgão da saúde e especialistas .

"Estamos pesquisando se alguns dos casos são da nova variante de preocupação, a ômicron", escreveu a autoridade sanitária do país em comunicado. "Esperamos ter os resultados o mais breve possível."

Um caso suspeito da ômicron é investigado por profissionais de saúde na Alemanha. De acordo com Kai Klose, ministro para Assuntos Sociais na região de Hesse, é muito provável que a mutação do vírus tenha chegado ao país.

O caso estaria ligado a uma pessoa que também voltou da África do Sul e foi colocada em isolamento logo após testar positivo para a doença.

Leia Também

Restrições entre países

Assim que a variante B.1.1.529, batizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como ômicron, foi tratada como uma "variante de preocupação", muitos países anunciaram restrições a viagens e voos vindos de locais em que já há casos confirmados da mutação do vírus .

Os Estados Unidos e Canadá, por exemplo, se juntaram à União Europeia e ao Reino Unido no anúncio de restrições a voos de países do sul da África, principalmente. O Canadá fechará suas fronteiras a passageiros que tenham estado recentemente na África do Sul, Botsuana, Essuatini (Suazilândia), Lesoto, Moçambique, Namíbia e Zimbábue.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nessa sexta (26) uma nota técnica recomendando a suspensão imediata de voos com passagens pela África do Sul, Botsuana, Essuatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários