Conitec vai discutir contraindicação de kit Covid para tratar doença
Samir Jana/Hindustan Times/Getty Images
Conitec vai discutir contraindicação de kit Covid para tratar doença

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) delibera nesta terça-feira sobre o relatório que não recomenda o  uso do kit Covid em pacientes ambulatoriais, isto é, que não estão internados. Entre os medicamentos, estão cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina, comprovadamente ineficazes contra o coronavírus. A reunião extraordinária está marcada para ocorrer nesta tarde, das 14h às 17h.

Outro ponto a ser debatido é o resultado da consulta pública ao parecer, finalizada em 25 de novembro. Com 2.181 páginas, o documento traz contribuições da sociedade civil ao tema.

O relatório, intitulado “Diretrizes Brasileiras para Tratamento Medicamentoso Ambulatorial do Paciente com Covid-19”, elabora que poucas medicações são efetivas no tratamento contra a Covid-19 para pacientes ambulatoriais, exceto os remédios de anticorpos monoclonais.

''Poucas terapias medicamentosas mostraram-se eficazes no tratamento ambulatorial de paciente com covid-19. À exceção dos anticorpos monoclonais que apresentaram algum benefício, outras terapias não mostraram benefício significativo na prevenção de desfechos clinicamente relevantes, como necessidade de hospitalização, evolução para ventilação mecânica e mortalidade. Banlanivimabe + etesivimabe, casirivimabe + imdevimabe, regdanvimabe e sotrovimabe sugerem benefício clínico em pacientes com alto risco de progressão para doença grave, contudo não é possível realizar a recomendação a favor do uso destes medicamentos no momento devido a seu alto custo, baixa experiência de uso, incertezas em relação à efetividade e a sua indisponibilidade no sistema de saúde'', esclarece documento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários