Surto de gripe começou no Rio e já se espalhou por todo o Brasil
shutterstock
Surto de gripe começou no Rio e já se espalhou por todo o Brasil

Com o surto do vírus Influenza A H3N2, o número de casos de internações por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) dobrou na cidade do Rio de Janeiro. Foi na capital do Rio que a epidemia de gripe começou e se espalhou para mais 10 estados brasileiros.

De acordo com dados do Sivep/Gripe ( Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe) divulgados pela SES (Secretaria de Estado de Saúde do Rio), os casos de SRAG passaram a aumentar a partir do meio de novembro.

Dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade da SMS (Secretaria Municipal de Saúde do Rio) também apontam para a escalada da Influenza: em dezembro foram registradas 37 mortes pela doença. Enquanto isso, nos 11 meses anteriores tinham sido computadas apenas 11 mortes pelo vírus da gripe na cidade.

Covid deixa de ser maior causa de internações

Os dados do Sivep/Gripe ainda mostraram que, depois de 81 semanas como a principal causa de internações por SRAG na cidade do Rio, a covid-19 deixou de representar a maioria dos casos. 

Por nove semanas seguidas, a doença causada pelo novo coronavírus responde por menos de 50% dos pacientes nos hospitais. Entre 12 e 18 de dezembro, o percentual de internados por SRAG causada pela covid-19 foi o menor desde o início da pandemia: 5,2%, segundo os dados do Sivep/Gripe.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários