EUA aprovam reforço da Pfizer para crianças de 12 a 15 anos
Hélia Scheppa/ Arquivo/ SEI
EUA aprovam reforço da Pfizer para crianças de 12 a 15 anos

A Administração de Alimentos e Remédios dos  Estados Unidos (FDA) autorizou nesta segunda-feira (3) o uso da dose de reforço da vacina anti-Covid da Pfizer/BioNtech em crianças de 12 a 15 anos.

A medida é aprovada no momento em que o país enfrenta um novo aumento no número de casos de Covid-19, e é mais uma tentativa para conter a propagação da variante Ômicron.

A agência também autorizou uma terceira dose em crianças de 5 a 11 anos imunocomprometidas, e reduziu o tempo da aplicação do reforço de seis para cinco meses após a o ciclo vacinal completo para todos com mais de 12 anos, com base em evidências divulgadas pelo governo israelense.

Estudos com mais de 6,3 mil adolescentes de 12 a 15 anos em Israel sugeriram que a terceira dose pode proteger melhor as crianças da variante Ômicron quando administrada após cinco meses, em vez de seis.

Leia Também

"Com a onda atual da variante Ômicron, é fundamental que continuemos a tomar medidas preventivas eficazes e que salvam vidas, como vacinação primária e reforços, uso de máscara e distanciamento social, a fim de combater eficazmente a Covid-19", afirmou a comissária interina da FDA, Janet Woodcock, em um comunicado.

Os casos globais de Covid-19 estão aumentando devido à variante Ômicron e as autoridades de saúde alertaram que sua transmissibilidade extremamente alta pode sobrecarregar muitos sistemas de saúde.

Alguns testes de laboratório mostraram que duas doses das vacinas da Pfizer/BioNTech geram respostas imunológicas baixas contra a Ômicron, mas as doses de reforço parecem proteger contra a nova cepa.

Por fim, a agência disse que não encontrou "nenhuma nova preocupação com a segurança" após uma dose de reforço em adolescentes, e que não houve novos relatos de dois tipos de inflamação do coração chamada miocardite ou pericardite ligada aos reforços. A terceira dose da Pfizer tem exatamente a mesma dosagem das duas primeiras. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários