Vacinação contra Covid-19
Rovena Rosa/Agência Brasil
Vacinação contra Covid-19

Enquanto é tempo de ir aos postos de vacinação se imunizar contra a Covid-19 até com a terceira dose (respeitando o tempo correto de intervalo), o grupo de pessoas imunossuprimidas acima de 18 anos já podem tomar a nova dose de reforço (DR 1) — ou quarta dose. O distanciamento para a DR 1, no entanto, deve ser de quatro meses.

Até o momento, ao menos 15 municípios da Região Metropolitana do Rio confirmaram que já fazem aplicação da quarta dose. Entre eles estão a capital, Niterói, Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São Gonçalo.

Estão inclusos no grupo de indivíduos imunossuprimidos pessoas com HIV, com Aids, em quimioterapia e transplantadas.

A segunda etapa do reforço tem como objetivo fortalecer a resposta imunológica desse grupo, que tem as defesas diminuídas em razão de doenças ou do uso de de determinados medicamentos. Entre elas está quem tem um quadro de imunodeficiência primária em que a pessoa é mais susceptível a diversas doenças, uma vez que o sistema imunológico não desempenha suas funções corretamente na defesa do organismo.

Leia Também

Veja quem se enquadra:

- Imunodeficiência primária grave;
- Quimioterapia para câncer;
- Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras;
- Uso de corticóides em doses igual ou maios que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por no mínimo 14 dias;
- Uso de drogas modificadoras da resposta imune;
- Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias;
- Pacientes em hemodiálise;
- Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas;
- Pessoas vivendo com HIV/AIDS.

O Ministério da Saúde liberou a quarta dose para este grupo no último dia 20 de dezembro. As pessoas que se encaixam nos critérios devem já ter tomado as três doses (a primeira, a segunda e a de reforço), respeitando os intervalos indicados. A pasta federal explicou a decisão na nota técnica publicada:

"Uma dose de reforço da vacina Covid-19 para todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional), que deverá ser administrada a partir de 4 meses", diz trecho do documento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários