João Doria (PSDB), governador de São Paulo
Divulgação/Instagram
João Doria (PSDB), governador de São Paulo

Nesta quinta-feira (20), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que, após a liberação da Coronavac para uso emergencial em crianças e adolescentes , a imunização do grupo começará imediatamente. 

Nas redes sociais, Doria disse que todas as crianças devem ser imunizadas em, no máximo, três semanas.

"Prepare o braço, molecada! Anvisa autoriza vacinação de crianças e adolescentes de 6 a 17 anos com Coronavac. Iniciaremos imediatamente a vacinação. Esperamos imunizar toda garotada em, no máximo, 3 semanas", escreveu o governador.

Hoje, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) analisou o pedido do Instituto Butantan de autorização para o uso emergencial da vacina em crianças e adolescentes a partir de 3 anos . A maioria do colegiado, porém, aprovou o uso do imunizante somente para o público de 6 a 17 anos .

Leia Também

O esquema vacinal é o mesmo recomendado para os adultos, sendo duas doses aplicadas em um intervalo de 28 dias.

Até agora, somente a vacina da Pfizer era autorizada para ser usada no público a partir de 5 anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários