Teste de antígeno para detecção da Covid-19
Reprodução/ ANS
Teste de antígeno para detecção da Covid-19

O Imperial College de Londres atualizou hoje a taxa de transmissão da covid-19 no Brasil. O número, que era de 1,35 na semana passada, chegou a 1,78 nesta semana, o índice mais alto desde, pelo menos, julho de 2020.

Isso significa que cada 100 pessoas infectadas transmitem o vírus para outras 178. Pela margem de erro, ela pode ser maior - até 1,94 - ou menor - 1,61, onde 100 pessoas infectariam 194 ou 161 pessoas, respectivamente.

A taxa não foi calculada em dezembro em razão do apagão nos dados do Ministério da Saúde sofrido após o ataque hacker nos sistemas da pasta.

A taxa de transmissão é representada pelo sigla RT. Quando ela está acima de 1, significa que cada infectado representa risco para mais de uma pessoa.

Hoje, o Brasil registrou um recorde também na média móvel de infecções: 157.060, a maior desde o início da pandemia. O total de novos casos registrados foi de 187.722, e 487 mortes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários