Mortes por Covid-19 é 26 vezes maior entre não vacinados
Rovena Rosa/Agência Brasil - 19.01.2022
Mortes por Covid-19 é 26 vezes maior entre não vacinados

Um novo estudo mostra que o número de mortes por Covid-19 no estado de  São Paulo é 26 vezes maior entre as pessoas que não foram imunizadas contra a doença, em relação aos vacinados.

Os dados da secretaria estadual de Saúde levam em conta o período de 5 de dezembro de 2021 a 26 de fevereiro de 2022. Para o levantamento, foram analisadas 8.283 mortes neste período, nos 645 municípios do estado, registrados no sistema Sivep-Gripe. Nesse tempo, a variante Ômicron era predominante.

Entre os óbitos, 7.942 eram de pessoas que tinham informações sobre a vacinação estavam registradas no sistema oficial.

O levantamento mostrou que o número de mortes de não vacinados no período foi de 332 para 100 mil habitantes, enquanto entre os que estavam imunizados com as duas doses foi de 13 para 100 mil habitantes.

Leia Também

Entre as pessoas que tomaram somente uma dose, a taxa de óbitos foi de 69% em relação às quem tinha as duas doses, o equivalente a 22 mortes por 100 mil habitantes.

"Os dados mostram o impacto dos índices de vacinação no estado de São Paulo, que hoje tem quase 90% da população elegível vacinada com as duas doses. Mesmo com a circulação de uma variante mais transmissível, que é o caso da ômicron, os números comprovam que São Paulo fez a escolha cerca em apostar na ciência e na vacinação como as principais medidas de enfrentamento da pandemia de covid-19", afirmou Regiane de Paula, coordenadora do Plano Estadual de Vacinação.

De acordo com dados do governo estadual, o número de pessoas vacinadas em São Paulo representa 43,2 milhões de pessoas, enquanto 717 mil não tomaram nenhuma dose. Segundo os dados, 83% da população está com o esquema vacinal completo e, entre a população elegível para receber o imunizante, o índice é de 89,9%.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários