Circulação de pedestres na Avenida Paulista após liberação do uso da máscara, em São Paulo
Rovena Rosa/Agência Brasil - 10.03.2022
Circulação de pedestres na Avenida Paulista após liberação do uso da máscara, em São Paulo

Segundo o painel atualizado diariamente pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil registrou nesta segunda-feira 8.470 novas infecções por covid-19, e 66 mortes. 

Os números elevaram o total de casos confirmados para 30.261.088, e o de óbitos confirmados para 662.026 desde fevereiro de 2020, quando a pandemia chegou ao país.

A média móvel de casos, de 14.269, é 32% menor que a registrada na última segunda-feira (11), de 21.201.

Na média móvel de mortes, que está em 100, a queda foi de 31% - na semana passada, era de 145.

Leia Também

Pandemia no Brasil

Nesta segunda-feira, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou que a vacina CoronaVac deve ser usada apenas na faixa etária de 5 a 18 anos. Ele argumentou que em países desenvolvidos o imunizante não é usado em esquemas primários de vacinação, ou seja, nas duas primeiras doses.

O ministro também declarou o fim do estado de emergência em saúde pública de importância nacional para covid-19 no Brasil, reiterando,  no entanto, que as políticas de saúde não seriam interrompidas.

"A Covid não acabou, nem vai acabar, pelo menos nos próximos tempos. E precisamos conviver com essa doença e com esse vírus. Felizmente parece que o vírus tem perdido a força, a letalidade. E cada dia vislumbramos um período pós pandêmico. É o que pensamos", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários