Homem tem amostra coletada para teste de Covid-19 na China
Reprodução/NBC News
Homem tem amostra coletada para teste de Covid-19 na China

A cidade de Xangai, na China, anunciou neste domingo (15) que vai reabrir o comércio gradualmente a partir desta segunda-feira (16). A decisão acontece em um momento de crescente incômodo dos moradores locais após várias semanas de confinamento por conta da disseminação do novo coronavírus (Sars-Cov-2). As informações são da AFP.

A China enfrenta atualmente o pior surto da doença desde a primeira onda de Covid-19, ainda em 2020. Com mais de 26 milhões de habitantes, Xangai foi a principal cidade na qual o confinamento foi decretado no início de abril para conter os contágios.

Com a política chinesa de "Covid-19 zero", a cidade obrigou moradores infectados a irem para centros de quarentena e isolou os demais em suas residências. Problemas de fornecimento de alimentos e de acesso a atendimentos médicos foram deixando a população cada vez mais irritada.

No anúncio deste domingo, o vice-prefeito de Xangai, Chen Tong, disse que a reabertura do comércio local será feita "por etapas", mas não especificou quais serão elas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários