Teste positivo para Covid-19
Reprodução: commons - 06/06/2022
Teste positivo para Covid-19

Um estudo feito pela Universidade Estadual de Oregon, nos Estados Unidos, descobriu que pessoas recuperadas da  Covid-19 têm um risco 25% maior de desenvolver um distúrbio psiquiátrico nos quatro meses após a infecção, em comparação com pessoas que apresentam outras infecções do trato respiratório.

Os autores alertam para a necessidade de pacientes e profissionais de saúde serem mais proativos quando se trata de lidar com problemas de saúde mental após a infecção pelo novo coronavírus.

No trabalho publicado na revista World Psychiatry, os pesquisadores analisaram dados do National Covid Cohort Collaborative (N3C), que incluiu 46.610 indivíduos. Destes, uma parte testou positivo para Covid-19, enquanto outros, utilizados como grupo controle, foram diagnosticados com outras infecções do trato respiratório.

Os diagnósticos psiquiátricos considerados ocorreram em dois períodos: de 21 a 120 dias após a Covid-29 e de 120 a 365 dias após o resultado positivo para a doença. Foram incluídos apenas pacientes sem diagnóstico anterior da doença.

Os resultados mostraram que 3,8% dos pacientes com Covid-19 apresentaram algum transtorno psiquiátrico nesse período, em comparação com 3% para pacientes com outras infecções do trato respiratório. A diferença de 0,8% equivale a um risco relativo aumentado de cerca de 25%. A correlação se manteve apenas para transtornos de ansiedade, mas não de transtornos de humor.

O novo estudo confirma pesquisas anteriores e tem como pontos positivos o grande tamanho da amostra e o fato de essa coorte de dados ser extraída de todos o país. Lauren Chan, co-autora do estudo, alerta para a necessidade de pacientes estarem atentos à sua saúde mental após a Covid-19 e procurarem ajuda, na presença de sintomas. E também para os profissionais de saúde rastrearem essas condições psiquiátricas em pessoas recuperadas da doença.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários