Tamanho do texto

Ingrediente é pouco calórico e há diversas opções nas prateleiras do mercado. Saiba como usá-los em suas receitas

Você vai ao mercado e vê diversos tipos de vinagres na prateleira. Tem branco, tinto, de maçã... Segundo a nutricionista Edvânia Soares, todo vinagre é bom para a saúde e pode ser uma ótima alternativa para quem é hipertenso e busca reduzir o sal na cozinha. 

Vinagre pode ser um aliado na alimentação
Getty Images
Vinagre pode ser um aliado na alimentação


A especialista também afirma que nem todas as propriedades funcionais dos vinagres estão esclarecidas, mas estudos indicam um caminho animador. "Falam sobre o efeito positivo no controle da pressão arterial e do pH do estômago, o efeito bactericida e a ação antioxidante nas células e o ataque aos radicais  livres, evitando a manifestação de certos tipos de cânceres", lista a nutricionista. 

Alguns vinagres podem ser melhores que os outros. "É possível constatar que os vinagres de composição mais rica são os de maior capacidade antioxidante, ou seja, de eliminar radicais livres do organismo. Se o vinagre tem uma fonte nobre, como uva ou outras frutas, e é obtido por um processo de fermentação, certamente se constituirá em alimento importante para a saúde", explica Edvânia. 

Vinagre para emagrecer?

O Central Research Institute, do Japão, comprovou em um estudo que o ácido acético, componente do vinagre, suprime a acumulação de gordura. Três grupos com o mesmo índice de massa corpórea (IMC) e circunferência abdominal passaram 12 semanas em tratamento. O primeiro grupo recebeu uma mistura de com 15ml de vinagre, o segundo com 30ml e o terceiro sem nada. Nos dois grupos que tomaram a mistura que continha esse ingrediente foi observada uma redução significativa. A avaliação dos pesquisadores é que um o vinagre pode ser uma opção barata para a prevenção da síndrome metabólica, reduzindo a obesidade.

Leia mais:  Vinagre faz bem à saúde e ajuda a emagrecer

Entretanto, algumas pessoas devem ter cuidado com esse ingrediente. "Pessoas que apresentam gastrite, refluxo e esofagite devem atentar-se quanto ao uso de vinagre, pois ele é um alimento ácido e assim pode ressaltar incômodos causados por essas complicações", afirma a especialista. 

Quanto consumir?

O ingrediente também é pouco calórico e, de forma geral, a recomendação é de duas colheres de sopa por dia do vinagre de maçã e de uma colher de chá dos demais tipos de vinagres. No entanto, vale ressaltar que ele sempre deve ser consumido junto de alguma refeição.

Lista de vinagres

Edvânia e nutróloga Ana Luisa Vilela elaboraram uma lista com os tipos de vinagres, benefícios e dicas para combiná-los com os alimentos. 

Vinagre de álcool

Produto obtido pela fermentação acética de uma mistura hidroalcoólica, originária do álcool etílico potável. Ele pode ser encontrado com a denominação de ‘Fermentado acético de Alcool Claro ou Escuro’. É um vinagre mais acentuado no sabor, por ser originário de uma matéria-prima sem muitos nutrientes. Pode ser utilizado para fazer conservas e temperos em geral. 

Vinagre de agrin branco ou tinto

Tem 10% de vinho em sua composição. Tem o sabor mais acentuado e, assim com o de álcool, tem poucos nutrientes e pode ser usado para as mesmas funções do anterior. 

Vinagres aromáticos ou condimentados

São vinagres adicionados de vegetais, extratos aromáticos, sucos e condimentos. São vinagres mais elaborados e com sabor mais marcante, ideal para a elaboração de temperos mais fortes.

Vinagre é um excelente tempero para saladas
Mauro Holanda / Divulgação
Vinagre é um excelente tempero para saladas


Vinagre de vinho

É o vinagre proveniente da fermentação acética do vinho, podendo ele ser branco ou tinto, dependendo da matéria-prima da qual se origina. São vinagres mais puros, pois são elaborados com 100% do vinho, por este motivo carregam em sua composição os nutrientes do vinho e da uva. Utilizados para tempero de saladas, carnes e em muitos casos como auxiliares em dietas nutricionais.

Vinagre balsâmico

É o vinagre de vinho tinto, composto com extratos de madeira, taninos, ácidos naturais de uva, podendo ter ainda em sua formulação adição de aromas de frutas ou mel. Ele estimula a digestão, possue ação antioxidante e favorece o suco gástrico. É utilizado na culinária mais sofisticada, podendo ser utilizado na elaboração de pratos doces e salgados por ter um sabor levemente agridoce.

Vinagre de fruta

É o vinagre proveniente da fermentação do suco de fruta como maçã, caqui e outras. Como os vinagres de vinho, também são puros e carregam em sua composição os valores nutricionais das frutas de onde foram originados. Utilizados em temperos e em alguns casos como auxiliares em dietas nutricionais. 

Vinagre de maçã faz parte de dieta nutricionais
Thinkstock
Vinagre de maçã faz parte de dieta nutricionais


Vinagre de cereais

No caso do vinagre proveniente do arroz, ele é 100% originário da fermentação desse cereal. Utilizado na cozinha oriental para elaboração de pratos e temperos.

Vinagre de mel

Produto obtido pela fermentação do mel de abelha. Utilizado para elaboração de doces e xaropes e como auxiliar em dietas nutricionais por conter os nutrientes do próprio mel.

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.