Tamanho do texto

Doutor Puglisi explica os cuidados necessários para manter a saúde bucal

Você costuma sentir muita sede? Pode ser que nos dias mais quentes a necessidade de beber bastante líquido seja comum, mas quando essa vontade se torna algo constante, pode ser um sinal de xerostomia.

Leia também: Você sabe o que é herpes labial?

Beber bastante água ajuda a combater a xerostomia
Shuttersock
Beber bastante água ajuda a combater a xerostomia

Sua boca fica seca quando você não produz saliva o suficiente. Além do seu papel no processo da digestão dos alimentos, a saliva leva as partículas de alimentos e bactérias para fora de seus dentes e neutraliza os ácidos na sua boca ajudando a prevenir a cárie dentária e a doença gengival. "Portanto, a xerostomia aumenta o risco de cárie e gengivite além do mal hálito", afirma o Doutor Bruno Puglisi.

Alguns fatores que contribuem para o surgimento da xerostomia são: 

  • Remédios : são as  principais causas da xerostomia  
  • Diabetes: falhas no controle da glicemia já foram associadas à boca seca. 
  • HIV/AIDS 
  • Depressão / Stress 
  • Pressão alta 
  • Doença de Alzheimer 
  • Alcool e Nicotina 
  • Glândulas salivares obstruidas 
  • Radioterapia ou Quimioterapia 
  • Alguns enxaguantes bucais, que possuem álcool em suas composições 

O tratamento para a boca seca vai depender de sua causa, mas o Dr Bruno Puglisi indica algumas alternativas. "Com o uso de saliva artificial ou estimulantes do fluxo salivar, assim como a ingestão constante de água". 

Leia também: Conhece a harmonização facial? Conheça todos os detalhes

Muitas vezes esquecemos de beber água. Mas seja na rua, no trabalho ou em casa, esse hábito deve ser constante tanto para a saúde do organismo, como da boca. Se não houver a ingestão de, pelo menos, 2 litros de água por dia, podemos ter uma redução da saliva

Existem alguns cuidados que você pode ter para prevenir o surgimento do problema ou diminuir seus efeitos até encontrar o tratamento mais adequado. Evitar o consumo de álcool, bem como do cigarro, já que estes são um dos responsáveis por causar ressecamento da boca. Se o problema for associado a medicamentos, é interessante conversar com seu médico sobre a possibilidade de substituí-los, quando possível.

Leia também: Confira os alimentos que ajudam a preservar o resultado do clareamento dental

Seja qual for o motivo do problema, nunca abra mão da correta higiene bucal que deve ser feita pelo menos três vezes ao dia. Mas quando estamos com algum problema, como a xerostomia , este hábito deve ser reforçado. A higienização bucal promove uma ativação glandular, melhorando a produção de saliva. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.