Dentistas cobram vacinação da categoria em SP
Foto: Pixnio/Creative Commons
Dentistas cobram vacinação da categoria em SP

O governo do município de São Paulo não deu prioridade para os dentistas. Municípios próximos já vacinaram os profissionais. Faltou ação dos órgãos de classe para pressionar esta orientação nacional.

Essa semana o jornalista da Band News Claudio Humberto que parece se julgar um ser superior, chama os dentistas de "pelegos e fura fila".  

Nós dentistas somos dá área de Saúde sim, talvez nem todos estejam diretamente na linha de frente nos hospitais, mas estamos por trás impedindo que um paciente em estado de emergência odontológica vá até um hospital causando ainda mais uma superlotação.

E ainda mais, estamos arriscando nossas vidas e de nossas famílias, nós estamos em contato direto como fluidos bucais, aerossóis e diferente de qualquer
outra profissão, estamos lidando com um paciente sem máscara e em uma distância de no máximo 50 centímetros.

Tudo isso para ganhar o nosso pão e ajudar pessoas a tirar uma dor de uma pulpite por exemplo, que é aquela dor insuportável que só um dentista pode savá-lo.

Dr Bruno Puglisi diz que os pacientes estão muito desconfortáveis em saber que nós dentistas não fomos vacinados, passando um ar de descrédito e pouca preocupação com o atendimento.

O governo e a vigilância sanitária nos passa tantos cuidados e normas e estamos seguindo e agora na hora da vacinação somos fura fila.

Segundo noticia do dia 22/03/21 do site Folha de São Paulo/Uol a pandemia de Covid no DF se agrava, com corpos no chão de hospitais e promovem a convocação de dentistas, como aponta uma circular assinada pelo secretário adjunto de assistência a saúde Petrus Leonardo Barron Sanchez.

Pronto!! Agora acho que nos tornamos profissionais de saúde.

Noticia de Genebra 18/03/20212 dias antes do dia mundial da saúde bucal. 
Desastre odontológico: um ano após lookdown, dentistas em todo mundo enfrentam as conseqüências da pandemia.

Nesse artigo se fala dos efeitos catastróficos do vírus na saúde dos dentes e gengivas das pessoas nos consultórios do mundo todo.

Com isso a Organização de saúde Mundial informou que os serviços de saúde bucal estavam entre os serviços mais afetados devido a pandemia.
Entre a primeira e a segunda onda, os consultórios odontológicos em muitos países puderam reabrir.

Os dentistas sempre acataram os protocolos mais rigorosos de prevenção e controlada infecção e também observaram as medidas de higiene exigidas pelos governos.



Não queremos furar fila, não queremos tirar vantagens, nós queremos somente um reconhecimento por nos arriscar para cuidar de toda uma população. Não concordamos apenas com o critério de priorizaçãoo usado, pois estamos obviamente mais expostos que veterinários, biólogos, nutricionistas farmacêuticos, professores, psicólogos, fisioterapeutas.....

Nosso trabalho não nos permite home office.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários