O presidente da Rússia%2C Vladimir Putin%2C preside reunião sobre a vacina Sputnik V
Foto: Reprodução/Twitter
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, preside reunião sobre a vacina Sputnik V

A Rússia registrou um novo recorde de mortes por Covid-19 nesta terça-feira (27). Por conta da segunda onda do Sars-CoV-2, o país anunciou novas medidas de prevenção ao vírus, incluindo o uso obrigatório de máscaras. 

O país enfrenta uma segunda onda do vírus - e Moscou e a região metropolitana são o principal foco.

De acordo com o novo boletim epidemiológico do país, foram 320 novos óbitos e 16,5 mil casos confirmados nas últimas 24 horas.

O país é quarto com mais infectados (1,5 milhão), só atrás de Estados Unidos (8,7 milhões), Índia (7,9 milhões) e Brasil (5,4 milhões) e tem mais de 26,4 mil mortes registradas, segundo a Universidade Johns Hopkins.

Com a alta no número de casos e mortes, a Rússia anunciou que o uso de máscaras agora é obrigatório "em lugares lotados, transportes públicos, táxis, estacionamentos e elevadores".

A autoridade de saúde também recomenda a limitação das saídas noturnas, entre as 23 horas e as 6 horas, com a proibição de eventos públicos e o funcionamento de restaurantes. Segundo a Rospotrebnadzor, a aplicação das medidas depende das autoridades regionais.

    Veja Também

      Mostrar mais