Rússia
Fundo de Investimento Direto da Rússia/Reuters
vacina Sputnik V, desenvolvida na Rússia

A vacinação de novos voluntários para testes com a vacina Sputnik V, desenvolvida na Rússia, foi temporariamente interrompida devido à escassez de doses. De acordo com informações da empresa responsável pelo estudo à agência Reuters, outo das 25 clínicas envolvidas nos estudos suspenderam a vacinação.

A alta demanda, explica a empresa Crocus Medical, é causada pelo grande fluxo de voluntários. "Há uma demanda colossal pela vacina e não estão produzindo o suficiente para acompanhar", disse o representante. As vacinações devem ser reiniciadas no dia 10 de novembro.

Apesar da interrupção temporária, que e mostra um desafio para a meta de imunização do país, o assessor do ministro da Saúde da Rússia, Alexei Kuznetsov, afirmou que "a meta de 40.000 voluntários vacinados será atingida".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários