Enfermeira
Reprodução/Facebook
Enfermeira chora eu denunciar hospital

Uma enfermeira norte-americana compartilhou um relato emocionado nas redes sociais, no qual denuncia as condições de trabalho e suposto descaso com os pacientes no Universsity Medical Center, em El Paso, uma das cidads mais afetadas pela Covid-19 no mundo.

De acordo com Lawanna Rivers, que publicou um vídeo em seu Facebook, o centro de saúde possui um quarto apelidado de "cova", para onde eram enviados os pacientes mais graves, "deixados para morrer".

"No meu primeiro dia de orientação, me disseram: 'Quaisquer que sejam os pacientes que vão para a 'cova', só saem num saco para cadáveres'", contou. Segundo a profissional de saúde, o quarto recebia menos atenção dos médicos, que poderiam salvar mais vidas se quisessem.

Além disso, ela conta que alguns pacientes era "privilegiados" no Hospital. "A enfermeira que me orientou tinha uma paciente, ela era chamada de 'paciente VIP', ela era esposa de um médico", disse ela. "Não havia nada que eles não fizessem por aquela mulher. E adivinha? Ela foi a única paciente que saiu viva da UTI", contou.

Em um comunicado para a emissora KVIA-TV,o University Medical Center disse que ainda não pôde verificar todos os eventos descritos pela profissional de saúde. Essa enfermeira foi chamada para ajudar por um breve período no atendimento de pacientes com covid 19", afirma o comunicado.

    Veja Também

      Mostrar mais