Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu
Foto: Divulgação
Primeiro Ministro Benjamin Netanyahu

Israel atingiu a marca de 1 milhão pessoas vacinadas contra a Covid-19, mais de 10% da população do país, nesta sexta-feira (1º).

Os dados são do monitoramento independente da plataforma "Our World in Data", que desde o começo da pandemia acompanha dados públicos sobre a dispersão do novo coronavírus pelo mundo.

Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro do país, comemorou o andamento da imunização, em apenas 12 dias. "É importante para mim que todos nós e o público árabe no Estado de Israel sejamos vacinados rapidamente, isso é importante porque se trata de salvar vidas e só então poderemos voltar à vida normal", publicou.

País de quase 9 milhões de habitantes, Israel deu início nos últimos dias a duas medidas tanto significativas quanto simbólicas contra a Covid-19: o seu programa de vacinação em massa e também aquele que espera ser o último lockdown israelense da pandemia.

O governo israelense estuda atualmente abrir postos de vacinação 24 horas por dia, 7 dias por semana, para tentar acelerar a imunização. O primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, quer também que a taxa diária de aplicações seja dobrada para 150 mil doses da Pfizer/BioNTech ainda em 2020.

Esta é a taxa mais rápida do mundo entre os mais de 43 países que iniciaram a imunização. No Brasil, ainda não há data concreta para começar a vacinação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários