Sputnik V
Reprodução: BBC News Brasil
Vacina Sputnik V deve chegar à Bolívia em março

A Bolívia autorizou, nesta quarta-feira (6), a utilização das vacinas Sputnik V, produzida na Rússia, e CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac. De acordo com a vice-ministra de Promoção e Vigilância Epidemiológica, María Renée Castro, o país ainda possui acordos para outros imunizantes.

A Bolívia já comprou 5,2 milhões de doses da Sputnik, aguardadas para março deste ano. Além disso, o país compõe o consórcio Covax, lançado pela Organização Mundial de Saúde e que busca a divisão igualitária de vacinas entre os países ricos e em desenvolvimento.

Já a CoronaVac, deve ser adquirida pelo país a partir da produção do Instituto Butantan, que negocia o imunizante com diferentes países sul-americanos, além de garanir a produção para vacinação em solo nacional.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários