Mandetta
José Cruz/ABr
Ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, criticou o general Eduardo Pazuello

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, criticou a rivalidade entre o governo de São Paulo e o governo federal na corrida pelas vacinas contra a Covid-19. Para Mandetta, que assumiu o cargo até abril de 2020, o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi "patético" ao criticar o início da vacinação em São Paulo.

"Foi a coisa mais patética que eu vi até hoje foi o ministro reclamar que um governador estava vacinando sua população", disse Mandetta em entrevista a Rádio Eldorado. Na ocasião, Pazuello chegou a afirmar que o início da vacianação contra a Covid-19, transmitido ao vivo por muitos veículos de comunicação, foi uma "jogada de marketing".

Mandetta também criticou o uso da expressão "Dia D e Hora H", utilizada pelo atual ministro após questionado sobre o cronograma para o plano de vacinação. Falou que ia começar quarta-feira, mas hoje de amanhã falou que começaria hoje a tarde. A hora "H" dele foi de Hospital das Clínicas de São Paulo", completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários