Cilindros serão dedicados aos estados do Amazonas e Roraima
Erlon Rodrigues/PC-AM
Cilindros serão dedicados aos estados do Amazonas e Roraima

Novos cilindros de oxigênio serão envisdos ao Brasil pela Venezuela, que segue auxiliando no colapso no sistema de saúde causado pelo aumento de casos da Covid-19 no Norte do país. No ano passado, o país enviou um comboio de caminhões com mais de 100 mil metros cúblicos de oxigênio para Manaus.

A declaração foi confirmada pelo presidente venezuelano, Nicolas Maduro, cujas desavenças com o presidente brasieiro Jair Bolsonaro são conhecidas. Três caminhões deve trazer o oxigênio, sendo dois destinados ao Amazonas e um enviado a Roraima.

"Tudo é possível quando há solidariedade, fraternidade, paz e amor entre os povos e, neste caso, entre os povos do Brasil e da Venezuela", disse Maduro em comunicado. Ele ainda afirmou que novos carregamentos podem ser enviados ao Brasil de acordo com as necessidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários