Corticoide pode ser combinado com outro medicamento para aumentar eficácia contra a Covid-19
Dirceu Portugal/Fotoarena/Agência O Globo
Corticoide pode ser combinado com outro medicamento para aumentar eficácia contra a Covid-19

Um ensaio clínico divulgado no Reino Unido sugere uma combinação de medicamentos que pode ajudar a reduzir as mortes por Covid-19. De acordo com o estudo, o tocilizumabe, usado até então para tratar artrite reumatoide e a dexametazona, um corticoide, trazem resultados otimistas aos pacientes mais graves da doença.

Ainda segundo a pesquisa, os medicamentos causam um efeito sobre a hipoxia, a deficiência de oxigênio que pode levar os pacientes à morte. O mesmo ensaio clínicio, em sua prímeira fase, já havia apontado a dexametasona como um atuante sobre os casos mais graves.

Agora, os pesquisadores reforçaram a combinação do corticoide com o tocilizumabe, cuja redução da mortalidade é de até 4% quando aplicado sozinho e pode ser potencializado em conjunto com o coroticoide. Os estudos foram realizados com uma população aleatória da qual 2.022 pacientes receberam os medicamentos e outros 2.094 receberam os cuidados habituais.

Os resultados, entao, apontaram que a taxa de óbito do grupo medicado foi de 29% dos pacientes contra 33% entre o grupo que não recebebeu qualquer cuidado experimental.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários