Butantan promete 100 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde até agosto
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Butantan promete 100 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde até agosto

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta quarta-feira (17) a antecipação do prazo para entrega de 100 milhões de doses da vacina coronavac, contra a Covid-19, ao Ministério da Saúde. Até a terça-feira (16), 46 milhões de doses estavam garantidas ao estado. Ontem, porém, o contrato de compra para 54 milhões de doses adicionais foi assinado pela pasta.

"Nós vamos fazer todo o esforço para adiantar essa produção e essa entrega e esperamos que no máximo em agosto tenhamos feito a entrega total", disse o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas. Ele ainda afirmou que, em abril, o potencial de produção das fábricas do instituto alcançarão o dobro da produção atual. O prazo inicial para entrega das 100 milhões de doses era o fim de setembro.

"Nós também temos que lembrar que nesse momento é a única vacina que está sendo usada em grande escala no Brasil e isso traz uma responsabilidade enorme para os nossos funcionários", completou o diretor. Segundo o Butantan, 9 a cada 10 brasileiros vacinados contra a Covid-19 receberam doses da coronavac.

As doses recém-adquiridas pelo Ministério da Saúde devem ser dedicadas aos estados de todo o país, como parte da distribuição do Programa Nacional de Imunização (PNI).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários