300 funcionários se dividem em esquema de plantão para produzir vacina
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
300 funcionários se dividem em esquema de plantão para produzir vacina

A partir desta terça-feira (23), 3,4 milhões de doses recém-produzidas da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan, começam a ser entregues para o Ministério da Saúde. Com cerca de 300 funcionários e produção 24 horas, o instituto promete produzir 1 milhão de doses por dia do imunizante.

De acordo com o laboratório, 300 funcionários se dividem em turnos de 12 horas intercaladas com 36 horas de folga no esquema de plantão, para garantir maior agilidade na entrega das vacinas. Após a conclusão do envase da vacina contra a gripe, que também é produzida no Butantan, o objetivo é produzir 2 milhões de doses por dia da Coronavac.

O armazenamento da matéria-prima e doses da vacina é feito com um rigoroso sistema de segurança que chega a contar com reconhecimento facial. Além disso, a entrada para a sala que armazena os produtos conta com uma porta de chumbo que pesa quase duas toneladas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários