Reprodução/Facebook J&J


Após anunciar a intenção de compra de doses da vacina Pfizer contra a Covid-19, o Ministério da Saúde afirmou que também deve seguir com o contrato do laboratório Janssen-Cilag, do grupo Johnson & Johnson. Ainda não há informações, porém, sobre o número de doses que deve ser adquirido.

"Número de doses vai depender de quanto as farmacêuticas poderão disponibilizar. Mas intenção é comprar todas as doses disponíveis", afirmou fonte próxima ao ministro em entrevista ao portal CNN. De acordo com o govrno, a ordem para prosseguimento com a compra foi feita pelo ministro Eduardo Pazuello.

O anúncio oficial sobre a compra das vacinas deve ocorrer ainda nesta quarta-feira. Até o momento, o Programa Nacional de Imunizações (PNI) trabalha com apenas duas vacinas para imunizar a população: a vacina desenvolvida pela Universidade Oxford e Astrazeneca e a Coronavac, produzida no Brasil pelo Butantan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários