Governador João Doria
Foto: Governo de São Paulo
Governador João Doria

Com piora da pandemia da Covid-19 em São Paulo e com o aumento das internações pela doença, o governador João Doria (PSDB) anunciou hoje (5) que o estado vai reabrir um hospital de campanha na capital. Mais detalhes sobre a nova unidade de saúde serão fornecidos na próxima segunda-feira (8).

"Na próxima segunda-feira, vamos anunciar um novo hospital de campanha aqui em São Paulo. Com a situação cada vez mais grave, pedi que fossem liberados recursos para a implantação o mais rápido possível de um novo hospital de campanha na capital de São Paulo. Não dependerá da prefeitura, mas sei que a prefeitura está preocupada", disse o governador.

A gestão estadual esclareceu ainda que o novo hospital de campanha não será no formato anterior, com uma estrutura construída do zero. Doria detalhou que o estado precisa de leitos de UTI e por isso, o hospital de campanha será montado dentro de unidades de saúde.  

Desde o último dia 22, São Paulo tem uma média acima de 100 novos pacientes internados em UTIs por dia. Em 11 dias, o estado passou de 6.410 internados em unidades de terapia intensiva para 7.892 hoje.

"Temos elevação do número de ocupações, mas guardem essa informação: a cada dois minutos, três pacientes no estado são internados na UTI ou enfermaria. Ocupações ocorrem em média com 130 admissões novas por dia, fazendo com que tenhamos a necessidade de medidas implementadas às 0h de hoje", afirmou o secretário estadual, Jean Gorinchteyn.

O secretário afirmou ainda que São Paulo vive um estado de "guerra" contra o vírus. "Estamos em guerra. Diferente das guerras que costumamos ver nos filmes, que nossas gerações não viveram, que temos mortos nas ruas, temos isso nos hospitais. Essa realidade é vista por quem está na linha de frente, esperando para saber o que fazer na sua escolha de quem vai viver ou morrer, naqueles parentes do lado de fora, que choram aguardando notícias e muitos tem a triste notícia da perda de familiares", disse.

Na última quarta-feira (3), o governo de São Paulo já havia anunciado a abertura de 500 novos leitos para pacientes com Covid-19. Segundo a gestão estadual, durante o mês de março serão abertos 339 leitos de UTI e mais 161 de enfermaria em hospitais estaduais, municipais, Santas Casas e outros serviços de saúde filantrópicos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários