Embalagem oficial da CoronaVac
Foto: Reprodução/Twitter
Embalagem oficial da CoronaVac

Os resultados preliminares de um estudo indicam que a CoronaVac, vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan, é eficaz contra a variante do coronavírus descoberta em Manaus, a P1. A informação foi divulgada pela Reurtes.

De acordo com a reportagem, uma fonte, que não forneceu detalhes dos dados, disse que o estudo foi realizado pelo Butantan, por meio do exame de amostras de sangue retiradas de pessoas vacinadas com a CoronaVac e testadas contra a chamada variante brasileira.

O estudo ainda será ampliado para a obtenção de dados definitivos.

A variante brasileira foi descoberta inicialmente em Manaus, no Amazonas, e vem sendo apontada como um dos possíveis fatores que levaram ao recrudescimento da pandemia de Covid-19 no Brasil.

Anteriormente, o presidente do Butantan, Dimas Covas, já havia adiantado que a vacina tinha resultados "muito positivos" em testes feitos na China contra as variantes britânica e sul-africana do coronavírus, também apontadas como mais contagiosas que cepas anteriores.

O Butantan já entregou 16,1 milhões de doses da CoronaVac, que é aplicada em duas doses, ao Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários