A segunda dose já foi aplicada em 2.647.112 pessoas, ou 1,25% da população
Foto: Pixabay/Creative Commons
A segunda dose já foi aplicada em 2.647.112 pessoas, ou 1,25% da população

O Ministério da Saúde interrompeu a distribuição de doses extras das vacinas contra a Covid-19 do chamado "fundo estratégico", que destinava 5% do total de imunizantes a estados com situação mais grave. A informação foi divulgada pela CNN.

De acordo com a emissora, a decisão consta em informe técnico no qual a pasta detalha uma nova rodada de distribuição de 2,6 milhões de doses da CoronaVac nesta semana.

No informe, o ministério justifica que a suspensão se deu "em virtude do cenário epidemiológico com ascensão de casos de Covid-19 em todas as unidades federadas do País".

Com a interrupção, o novo lote de vacinas da CoronaVac que será distribuído nesta semana foi dividido proporcionalmente entre os estados apenas com base no tamanho de suas populações e não pela gravidade.  

Você viu?

"Considerando o atual cenário de transmissão comunitária da Covid-19 em todo território nacional, faz-se necessária a manutenção das medidas não farmacológicas de prevenção à transmissão do vírus, tais como: uso de máscara; distanciamento social; etiqueta respiratória; e higienização das mãos, dos objetos de uso pessoal e comercializados, dentre outros", diz o documento.

Até o domingo (7), pelo menos 10.873.636 doses das vacinas contra a Covid-19 foram aplicadas no Brasil, consideradas tanto a primeira quanto a segunda dose dos imunizantes já aplicadas.

Do total de pouco mais de 10 milhões contabilizadas, 8.226.636 se referem à primeira dose da vacina. O número representa uma proporção de 3,88% da população brasileira, estimada em 211,8 milhões de pessoas.

A segunda dose já foi aplicada em 2.647.112 pessoas, ou 1,25% da população – é esta, portanto, a parcela dos brasileiros que já está imunizada contra a doença, uma vez que o efeito da vacinação só é completo com as duas aplicações. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários