Movimentação no Cemitério Vila Formosa o maior Cemitério da América Latina localizado na zona leste da cidade de São Paulo
Foto: Roberto Costa/Código 19/Agência O Globo
Movimentação no Cemitério Vila Formosa o maior Cemitério da América Latina localizado na zona leste da cidade de São Paulo

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) denunciaram que os estados têm apresentado atrasos nas notificações de casos confirmados e de mortes por Covid-19 ao Ministério da Saúde. De acordo com reportagem publicada pela CNN, em Alagoas, o intervalo entre a morte e inclusão do dado no sistema chega a 47 dias.

Por isso, os especialistas explicam que o momento atual pode apresentar um índice de casos e mortes ainda maior que o divulgado diariamente.

"Os dados de mortes não são atuais e a situação deve piorar nas próximas semanas. Alguns municípios ainda estão na virada de janeiro para fevereiro. Não pegaram ainda o período do Carnaval e seus efeitos de contágio. E também não incluem o momento atual, que tem a situação de colapso da rede de saúde de vários estados com lotação superior a 80% nas UTIs para Covid-19. Esses dados podem demorar, porque, quando o sistema de saúde entra em colapso, o sistema de notificação entra junto. Infelizmente, a expectativa é que o cenário ainda piore bastante", analisa o pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação Científica (Icict/Fiocruz), Diego Xavier, em entrevista à CNN Brasil. 

A reportagem da CNN divulgou ainda uma tabela na qual o Programa de Computação Cientifica (Procc/Fiocruz) que quantifica o tempo médio de atraso nas comunicações feitas pelos estados. Das 27 unidades da federação, dez têm prazo superior a 20 dias e 17, superior a dez semanas.

Confira o tempo médio entre data do óbito e a notificação nos estados:

1º) Alagoas, 47,5 dias
2º) Amapá, 34,8 dias 
3º) Maranhão, 34,1 dias
4º) Pernambuco, 30 dias
5º) Pará, 26,2 dias
6º) Rondônia, 25,9 dias 
7º) Mato Grosso, 25,3 dias 
8º) Acre, 23 dias 
9º) Espírito Santo, 21,9 dias
10º) Rio de Janeiro, 20,2 dias
11º) Paraíba, 17,8 dias 
12º) Sergipe, 17,7 dias 
13º) Rio Grande do Norte, 16,7 dias
14º) Bahia, 15,7 dias 
15º) Piauí, 14,6 dias
16º) Tocantins, 14,4 dias
17º) Paraná, 14,4 dias 
18º) São Paulo, 13,6 dias 
19º) Goiás, 13,5 dias 
20º) Ceará, 13,1 dias 
21º) Amazonas, 12,9 dias
22º) Distrito Federal, 10,2 dias 
23º) Roraima, 8,5 dias 
24º) Minas Gerais, 7,8 dias 
25º) Santa Catarina, 4,8 dias
26º) Rio Grande do Sul, 3,3 dias
27º) Mato Grosso, 1,4 dia

Fonte: CNN

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários