Há 20 dias seguidos, país registra recordes de mortes
Roberto Costa/Código 19/Agência O Globo
Há 20 dias seguidos, país registra recordes de mortes

O cientista Isaac Schrarstzhaupt, especialista em dados e coordenador da Rede Análise Covid-19, fez uma previsão ainda mais assustadora do que a realidade que o Brasil enfrenta diariamente durante a pandemia. Segundo ele, a estimativa é de que o país alcance 4 mil mortes por dia até o fim de abril caso medidas mais restritivas não sejam aplicadas.

A análise foi compartilhada em entrevista ao jornal O Globo, para o qual o cientista explicou que avalia a relaçao entre a alta taxa de transmissão e poucas medidas de controle. "Esse colapso em cascata no país inteiro aumenta a mortalidade a ponto de, se continuar tudo como está, podermos chegar em 4 mil óbitos diários no fim de abril", afirmou.

Há cerca de um mês o país registra recordes de mortes por Covid-19 e média móvel diariamente. Ontem, a média da semana alcançou 2.096 óbitos por dia. "Temos a taxa de crescimento de casos nos estados, e a Fiocruz lançou documento mostrando que as UTIs Covid-19 do Brasil estão em risco de colapso", reforçou Schrarstzhaupt.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários