A Covid-19 também foi a doença que mais matou brasileiros em 2021
Foto: Sandro Pereira/Fotoarena/Agência O Globo
A Covid-19 também foi a doença que mais matou brasileiros em 2021

O Brasil teve a semana mais leta desde o início da pandemia. Entre a segunda-feira (15) e o domingo (21), o país registrou um aumento de 23% nas mortes por Covid-19, com 15.813 vítimas da doença. Para efeito de comparação, na semana passada, nos sete dias, entre 8 e 14 de março, haviam sido registrados 12.818 óbitos.

Ainda de acordo com dados do Ministério da Saúde, esse também foi o pior fim de semana em número de mortes no país, com 3.728 vítimas em 48 horas. Ao todo, já são 294.042 mortos em decorrência da doença e 11.998.233 casos de pessoas infectadas.  

A Covid-19 também foi a doença que mais matou brasileiros em 2021. Entre 1º de janeiro e 18 de março, foram 92 mil óbitos, segundo levantamento feito pela CNN, com base em dados do Portal da Transparência de Registro Civil da Arpen (Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais). O número corresponde a 28% do total das mortes no ano. 

Dados de anos anteriores do Departamento de informática do Sistema Único de Saúde mostram que, com 272 mil mortes em um ano, a doença seria a principal causa de óbitos no país, quando comparada com a média anual por outros motivos.

Você viu?

São Paulo tem mais de 3 mil novas internações diárias há 5 dias

Em meio ao pior momento da pandemia, o estado de São Paulo registra diariamente mais de 3 mil novas internações desde 17 de março. São cinco dias que mais de três mil pessoas dão entrada no sistema público de saúde, para serem internadas em um leito de enfermaria ou de UTI.

Apenas no domingo (21), foram 3.445 novas internações. O número é o segundo maior já registrado em um dia; no sábado, dia 20 de março, foi contabilizado o recorde de 3.508 novas hospitalizações.

O boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde mostra que São Paulo alcançou 28.638 pessoas internadas - maior número desde o início da pandemia - no domingo, 23º dia seguido de recorde no número de pessoas hospitalizadas. Destas, 16.570 são em leitos de enfermaria e 12.068 em leitos de UTI.

Fonte: CNN

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários