Covid-19: mundo pode ter mais que o dobro de mortes do que dizem os números oficiais
André Biernath - Da BBC News Brasil em São Paulo
Covid-19: mundo pode ter mais que o dobro de mortes do que dizem os números oficiais

Segundo números oficiais, o mundo tem cerca de 3,2 milhões de mortos por conta da Covid-19. O número real, porém, pode ser maior do que o dobro devido à subnotificação , segundo indica estudo do Instituto de Métricas e Avaliação de Saúde (IHME), da Universidade de Washington, nos Estados Unidos.

De acordo com a análise, a Covid-19 teria matado 6,9 milhões de pessoas em todo o mundo. O IHME estima que 905 mil pessoas tenham sido vítimas do Sars-Cov-2 nos EUA, um percentual cerca de 58% maior do que as 574 mil mortes relatadas.

O levantamento aponta alguns motivos para a alta subnotificação "não intencional": falta de capacidade de testagem, sistemas de saúde sobrecarregados e mortes não registradas no início da pandemia.

Segundo o IHME, apesar dos EUA serem o país com mais mortes, a subnotificação é mais preocupante na Índia e no México, países onde o número de mortos por Covid-19 é estimado em cerca de três vezes maior que as estatísticas oficiais. Ambos ultrapassariam o Brasil caso não houvesse elevada subnotificação, diz o estudo.

Outra conclusão é que a Índia deve ultrapassar os EUA em número de óbitos totais por Covid-19 até setembro, chegando a 1,4 milhão. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários