Vacinação contra a Covid-19
Myke Sena/ Ministério da Saúde
Vacinação contra a Covid-19


O governo federal retardou a compra de vacinas contra a Covid-19, mas com a adesão da população à campanha iniciada em janeiro e a chegada de maiores remessas de doses nos meses seguintes, o Brasil é hoje o quarto país com o maior número de doses aplicadas no mundo. No ranking proporcional, no entanto, fica atrás de países como Argentina e Chile.


Segundo o G1, em números absolutos, o Brasil soma 250 milhões de vacinas já aplicadas, atrás apenas de China (2,2 bilhões), Índia (918 milhões) e Estados Unidos (397 milhões), todos mais populosos. A queda no ranking ocorre quando são considerados os números proporcionais à população de cada nação. Neste quesito, o Brasil fica 59ª posição.


Os dados são realçados nesta sexta-feira (8), dia em que o Brasil chega ao total de 600 mil vidas perdidas para a Covid-19 . Do marco de 500 mil mortes, atingido em junho, foram 111 dias percorridos até aqui, mais que o dobro dos 51 dias necessários para o país saltar de 400 mil vítimas para meio milhão.



Isso reflete a eficácia da imunização contra a doença. Atualmente, o país tem 69% de sua população vacinada com ao menos uma dose e 45% com as duas doses ou a vacina de dose única.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários