Governador do Maranhão, Flávio Dino
Marcos Corrêa/ PR
Governador do Maranhão, Flávio Dino


O uso de máscara será flexibilizado no Maranhão. O governador do estado, Flávio Dino (PSB), anunciou nesta quinta-feira (11) que o equipamento de proteção facial passará a ser opcional em ambientes fechados nas cidades em que ao menos 70% da população já tenha recebido as duas doses ou a vacina de dose única contra a Covid-19.


Segundo o G1 MG, Dino disse que consultou médicos infectologistas antes de adotar a medida. "Todos os números que estamos apresentando em nosso estado mostram o efeito poderoso da vacinação. E com base no avanço da vacinação, nós estamos desconfiando que podemos dar esse passo importante", disse o governador.


Com isso, a nova regra em vigor prevê o uso facultativo da máscara em locais abertos em todo o estado; uso opcional da máscara em locais fechados nas cidades com mais de 70% das pessoas com esquema vacinal completo; uso obrigatório em locais fechados nas cidades com menos de 70% da população vacinada; e máscara opcional nos estabelecimentos que exijam comprovante de vacinação completo e estejam situados em cidades com menos de 70% da população completamente imunizada.


Leia Também


Em meio a essa mudança, dados disponibilizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) contabilizam o total de 362.407 casos de coronavírus e 10.252 mortes em decorrência da Covid-19 no Maranhão.

Discussão nacional

A flexibilização no uso do equipamento de proteção individual também já começou a ser adotada por outras cidades do país. A nível nacional, o Ministério da Saúde discute suspender a obrigatoriedade no uso da máscara .

De acordo com a CNN, até esta sexta-feira (12) a pasta deve finalizar um estudo que viabilize essa mudança. Se assim for feito, as novas regras deverão ser divulgadas na semana que vem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários