Pessoas que tiveram casos graves de Covid têm mais chance de desenvolver diabetes
Reprodução
Pessoas que tiveram casos graves de Covid têm mais chance de desenvolver diabetes

Pesquisadores do Sistema de Saúde de St. Louis, nos Estados Unidos, desenvolveram um estudo onde encontraram evidências de que pacientes que tiveram Covid-19 têm maior risco de desenvolver diabetes  até um ano após a infecção. 

Os resultados foram divulgados em artigo publicado  no final do mês de março no jornal científico The Lancet Diabetes & Endocrinology. 

Ziyad Al-Aly e Yan Xie, pesquisadores que lideraram os estudos, analisaram por mais de um mês fichas médicas de mais de 180 mil pacientes que sobreviveram à Covid. Esses dados foram comparados com registros de dois grupos, com 2 milhões de pessoas cada um, que usaram o sistema de saúde mas não foram infectadas pelo coronavírus.

Como resultado, os cientistas descobriram que as pessoas que tiveram Covid eram 40% mais propensas a desenvolver diabetes um ano após a infecção do que aquelas que não contraíram a doença.

A maioria dos casos de diabetes identificados nos pacientes foi o tipo 2, em que o corpo deixa de produzir insulina suficiente. 

Leia Também


“Governos e sistemas de saúde em todo o mundo devem estar preparados para rastrear e gerenciar as sequelas da Covid-19. As evidências deste relatório indicam que eles devem incluir nos, postos de atendimento, identificação e gerenciamento da diabetes”, destacaram os cientistas no artigo publicado. 

Al-Aly e Xie destacaram também que a chance de desenvolver diabetes aumentou de acordo com a gravidade da infecção de Covid-19 que a pessoa teve. Logo, pacientes que foram internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) tiveram aproximadamente o triplo de chance de ter a outra doença. 

Os pesquisadores também constataram que cidadãos com obesidade tiveram o dobro do risco de ter diabetes após serem infectados pelo coronavírus.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários