Bolsonaro afirma que não errou nas previsões sanitárias relacionadas à pandemia
Mariana Schreiber - @marischreiber - Da BBC News Brasil em Brasília
Bolsonaro afirma que não errou nas previsões sanitárias relacionadas à pandemia

O Brasil deve rebaixar o status da pandemia de Covid-19 para endemia nos próximos dias. É o que afirmou o presidente Jair Bolsonaro durante um discurso realizado na tarde desta quinta-feira (7).

“Vivemos um momento atípico a guerra, a pandemia ainda, que acho que nos próximos dias passaremos de pandemia para endemia”, destacou.

A fala foi feita durante um evento de lançamento de uma linha de crédito do Banco do Brasil. Anteriormente, o chefe do Executivo brasileiro havia informado que essa mudança de status aconteceria ainda no final de março.


Na prática, a troca de pandemia para endemia fará com que a doença deixe de ser tratada como uma emergência de saúde no país. Isso pode afetar autorizações urgentes para a liberação de vacinas contra a covid-19, por exemplo. 

Leia Também

Essa alteração deve ser feita por meio de portaria assinada por Marcelo Queiroga, ministro da Saúde.  Em março, uma outra portaria publicada pelo governo passou a desobrigar o uso de máscaras nos estados.

No evento, o presidente também voltou a afirmar que sempre esteve certo em relação às suas previsões sobre a pandemia, ressaltando que buscou a todo momento “zelar pela autonomia do médico”. 

“A gente vai se adequando. A gente vai buscando cada vez mais agir de forma correta no tocante a essa pandemia que está acabando. E digo a vocês: não errei uma. Não sou médico, não, mas antes de tudo busquei zelar pela autonomia do médico”, afirmou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários