novo secretário
Reprodução/Governo SP
Jean Gorinchteyn, novo secretário de saúde de São Paulo

O infectologista Jean Gorinchteyn, que assumiu nesta terça-feira (21) o cargo de secretário de saúde do estado de São Paulo , afirmou que não pretende mudar condutas e estratégias da pasta na nova gestão.



Questionado pela repórter do iG , Eduarda Esteves, sobre os protocolos para uso da hidroxicloroquina -  considerando a recomendação da Sociedade Brasileira de Infectologia para que estados e municípios abandonem o medicamento - o profissional de saúde citou o amparo da ciência e das pesquisas sobre o assunto.

"Precisamos garantir que todas as medicações utilizadas nas pessoas cumpram o seu fundamento que é tratar com segurança. Os trabalhos que nós temos aqui não nos embasam e não nos permitem realmente proceder e liberar esta ou aquela medicação sem que tenhamos esse embasamento por uma questão até ética", afirmou o novo secretário.

"Mas nós temos vários outros estudos que estão acontecendo com várias drogas, por grupos aqui de São Paulo, inclusive com a hidroxicloroquina. Nós não temos ainda esses resultados, que serão lançados na revista The Lancet", disse. "Nós, como médicos, preservamos a saúde e a vida e é isso que vamos continuar fazendo", destacou Gorinchteyn, reforçando sua confiança na Sociedade Brasileira de Infectologia. 

Jean Gorinchteyn tem ampla vivência na área hospitalar, com mais de 20 anos de atuação como médico e professor. Atualmente, é infectologista do Hospital Emílio Ribas e do Hospital Albert Einstein. A troca ocorre após o Secretário Germann se afastar por motivos de saúde . O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, em coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. 

    Veja Também

      Mostrar mais