Pacientes com Covid-19 na UTI de hospital privado em São Paulo
Edilson Dantas / Agência O Globo
Pacientes com Covid-19 na UTI de hospital privado em São Paulo

A faixa etária de jovens até 29 anos foi única que teve aumento de contaminações pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) no estado de São Paulo entre os meses de junho e novembro. Em junho, esse grupo respondia por 20% da fatia de casos confirmados no estado, enquanto em novembro esse percentual subiu para 27% do total de infectados. As informações são do jornal O Estado de São Paulo .

Esse aumento está gerando conflito em famílias de jovens que vivem com pessoas do grupo de risco, já que, ao saírem de casa, eles se comportam como vetores do novo coronavírus. As demais faixas etárias diminuíram o número de infecções no mesmo período.

Dos 1.250.590 casos de coronavírus confirmados até 1º de dezembro no estado, 307.685 correspondem ao grupo de 0 a 29 anos. Em contrapartida, essa é a faixa etária menos atingida pelos casos de óbitos, acumulando menos de 500 do total de 42.290 mortes em São Paulo durante o mesmo período. A quantidade é o equivalente a menos de 2%, o que evidencia a resistência maior que jovens têm à Covid-19.

Os números se referem apenas ao período em que os casos e mortes foram computados pela secretária de Saúde do estado e não quando de fato ocorreram. Mesmo assim, o próprio governo de São Paulo alerta para o crescimento da contaminação entre jovens.

Em coletiva de imprensa da última quinta-feira (26), o coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, João Medina, alertou para a forma como essa faixa etária tem ajudado a disseminar a doença.

"Nós realmente temos um aumento dos casos positivos em todos os laboratórios, principalmente envolvendo jovens. Esse é um perfil que também aconteceu na Europa", afirmou.

Medina ainda acrescentou que eles são "vetores" e levam o vírus para casa, infectando o restante da família. O alerta foi reforçado na sequência pelo governador João Doria (PSDB). "O maior problema está concentrado nos jovens", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários