Vacina de Oxford/AstraZeneca
André Biernath - Da BBC News Brasil em São Paulo
Vacina de Oxford/AstraZeneca

A Fiocruz pedirá à Anvisa o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca até sexta-feira (8). O anúncio foi feito pelo Vice-presidente de produção e inovação em Saúde da Fiocruz , Marco Krieger, à CNN Brasil.

“O plano [para o pedido emergencial] é conservador e feito com muita segurança, por isso a demora com o registro”, disse Marco Krieger, explicando os recentes atrasos no pedido . “Vamos adicionalmente pedir o uso emergencial, mas a ideia é ter a autorização permanente da vacina o quanto antes."

Ontem (5), a Fiocruz confirmou a importação e distribuição de 2 milhões de doses do imunizante, que virão da Índia. R$ 59,4 milhões foram desembolsados pelas doses.

A Fiocruz prevê produzir 100 milhões de doses do imunizante a partir de ingrediente farmacêutico ativo (IFA). No segundo semestre, mais 110 milhões de doses devem ser produzidas inteiramente no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), vinculado à fundação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários