vacina
Reprodução
Coletiva de imprensa

A médica infectologista do Instituto de Infectologia Emílio Ribas,  Rosana Richtmann, afirmou que é preciso agora organização para vacinar a população o mais rápido possível contra a Covid-19. Ela fez a declaração durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (12), no Instituto Butantan, em que foram revelados os dados sobre a eficácia geral da vacina Coronavac.

"Eu acredito na ciência, é a ciência que dá a resposta para nós. Segunda coisa: eu acredito nas vacinas, só que ter vacina sem vacinação não tem sentido, então o que nós temos que ecoar agora é que queremos vacina para a população brasileira, seja ela qual for, qualquer vacina!", afirmou a médica. 

Ela comentou ainda que neste momento o mais importante é dar acesso ao maior número possível de imunizantes. "A melhor vacina na minha opinião é aquela que estará disponivel para a nossa população".

Após a fala da médica, o Secretário da Saúde do Estado de São Paulo,  Jean Gorinchteyn, concordou e afirmou que o Brasil precisa seguir o exemplo de países europeus que já estão vacinando suas populações. Para ele, o processo precisa ser agilizado por aqui.

"Vacina já, e não é uma vacina, são todas as vacinas, todas aquelas que já começaram em outros países", afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários