Covid-19: medicamento evitou que idosos apresentassem sintomas
Pixabay
Covid-19: medicamento evitou que idosos apresentassem sintomas

A empresa farmacêutica Eli Lilly anunciou na última quinta-feira (21) que um anticorpo produzido para combater o  novo coronavírus (Sars-Cov-2) evitou que os participantes do estudo clínico, residentes e funcionários de uma casa de repouso, apresentassem sintomas forte da doença.

O Bamlanivimbel , que possui poderosos anticorpos que combate o vírus, foi analisado por pesquisadores em um estudo feito em 965 pessoas, que foram divididas em dois grupos: dos que receberam o medicamento de forma intravenosa, por agulha, e o outro, que recebeu placebo.

Os resultados da fase 3 mostraram que as pessoas que receberam o Bamlanivimbe tiveram um risco até 57% menor de contrair a Covid-19 em comparação ao grupo que recebeu o placebo. Entre o grupo que vive nos lares de idosos, parte do estudo, o risco foi reduzido em até 80%.

Segundo a farmacêutica Lilly, apesar dos resultados, é necessário que ele seja publicado em uma revista científica para que possa ser usado de forma universal, o que deve ser feito em breve.

O medicamento é usado desde novembro nos Estados Unidos em caráter emergencial no tratamento de pessoas acima de 12 anos que apresentam sintomas leves e moderados do vírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários