Covid-19 pode afetar inteligência dos recuperados, diz estudo
shutterstock/Reprodução
Covid-19 pode afetar inteligência dos recuperados, diz estudo


Segundo estudo britânico, a Covid-19 pode afetar a inteligência dos pacientes. Para chegar ao resultado, pesquisadores examinaram o QI (Quociente de Inteligência) de mais de 81 mil pessoas. Entre elas, 13 mil já tinham sido infectadas pelo novo coronavírus.  Outros estudos têm buscado entender quais as possíveis sequelas da Covid-19 ao cérebro humano. 

Tarefas que exigiam solução de problemas, planejamento e raciocínio eram mais difíceis para os recuperados da Covid-19 do que para pessoas que nunca tiveram a doença. Nos piores casos, quando as pessoas usaram ventiladores mecânicos, os pesquisadores registraram uma queda de sete pontos no QI.

O estudo foi publicado na revista médica Lancet e envolveu pesquisadores do Imperial College London, Kings College e das Universidades de Cambridge, Southampton e Chicago. Esses resultados estão de acordo com relatos da Covid longa, escreveram os autores.

Os cientistas sugerem que uma das razões para a queda da inteligência foi o efeito contínuo do vírus em nossa capacidade de pensar com clareza. Ou seja, o resultado pode ter sido este já que é mais difícil se concentrar quando estamos sofrendo com febre ou com problemas respiratórios, segundo informações do jornal britânico Metro.

"Estudos anteriores em pacientes hospitalizados com doença respiratória não apenas demonstram déficits cognitivos objetivos e subjetivos, mas sugerem que estes permaneçam por alguns em 5 anos de acompanhamento”, observam os autores.

Os pesquisadores ressaltam que não é possível tirar conclusões sem dados de imagens cerebrais. Mesmo assim, os resultados devem ser úteis para mais estudos sobre o assunto. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários