Posso doar sangue após me vacinar contra a Covid-19?
shutterstock
Posso doar sangue após me vacinar contra a Covid-19?


Segundo informações da Agência do Senado, o Ministério da Saúde avalia que houve redução de 15% a 20% nas doações de sangue em 2020. Aline Cury Borchardt, médica hematologista do Grupo de Hematologia e Transplante de Medula Óssea de Niterói, esclarece que não há impedimento para que pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 doem sangue, desde que aguarde o tempo de inaptidão que o imunizante pode acarretar.

Leia:  Benefícios que os doadores de sangue têm e não sabem

"No caso da CoronaVac, ficam sem doar por 48 horas após cada dose e no caso da Astrazenca, Pfizer ou Jansen, ficam sem doar por 7 dias após cada dose", explica a médica. Por isso, o ideal é que a doação de sangue aconteça antes da vacina.

Aline também tranquiliza aqueles que desejam ser doadores, mas que estão com medo do novo coronavírus. "Atualmente, os bancos de sangue estão preparados para receber os doadores durante a pandemia e todas as medidas de prevenção necessárias estão sendo adotadas", afirma.

Entre as medidas, estão a disponibilização de álcool em gel, o distanciamento entre as cadeiras e a agilização do atendimento para diminuir o tempo de permanência do doador dentro da unidade. Além disso, a médica também cita a triagem clínica na entrada dos locais de doação, visando reduzir a possibilidade de pacientes e visitantes com sintomas respiratórios.

Você viu?

"É fundamental que as doações sejam feitas não apenas nos momentos de baixa dos estoques, mas que aconteçam de maneira regular. Hoje, apenas cerca de 1% da população é doadora de sangue, o que ocasiona falta constante nos estoques", completa Aline.

Tive Covid-19, posso doar sangue?

Pessoas que tiveram Covid-19 devem esperar ao menos 30 dias após a cura para doar sangue. Já se houve o contato com casos suspeitos ou confirmados, o paciente ficam inaptos por 14 dias. Além disso, o doador é orientado que, após a doação, caso apresente algum sintoma dentro de 7 dias, avise ao hemocentro. 

Requisitos básicos para ser doador

Segundo o portal Pró-Sangue, do governo do estado de São Paulo, os requisitos básicos para ser um doador são: estar em boas condições de saúde; ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos; pesar no mínimo 50 kg, estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas); estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação) e presentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade ou cópia autenticada.

Resfriado, tatuagem recente, amamentação, extração dentária, ingestão de bebida alcoólica, entre outros, também podem ser empecilhos para a doação. Veja mais detalhes no  Pró-Sangue.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários