Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga
Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil - 16.02.2022
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

O Ministério da Saúde abrirá nesta terça-feira consulta pública sobre a inclusão do anti-inflamatório baricitinibe no  Sistema Único de Saúde (SUS) para tratar a Covid-19. Especialistas e população poderão participar até 24 de março no site da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

O comitê emitiu parecer favorável à incorporação do  remédio na rede pública na última quinta-feira. Na avaliação da Conitec, o medicamento vendido sob o nome comercial Olumiant, da farmacêutica Eli Lilly, pode evitar mortes pela doença e tem bom custo-benefício.

Segundo a avaliação, técnicos indicam o fármaco para adultos hospitalizados que necessitam de oxigenação. O remédio pode oferecer novas possibilidades de tratamento contra a doença.

Dados de pesquisa realizada com pacientes graves com Covid-19, o anti-inflamatório diminuiu em 38% a mortalidade entre infectados. O remédio age, primordialmente, no controle do processo inflamatório provocado pelo coronavírus. O trabalho, patrocinado pela farmacêutica, foi conduzido em 12 centros clínicos de todo o Brasil. Ao todo, 1.525 voluntários participaram no país.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que já havia concedido registro para o tratamento de artrite reumatoide e de dermatite atópica, nas formas moderada a grave, incluiu na bula o uso contra o coronavírus em setembro.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários