Vírus da 'varíola dos macacos'
Foto: Centro de Controle de Doenças/Divulgação - 20/05/2022
Vírus da 'varíola dos macacos'

O Brasil investiga o terceiro caso suspeito de varíola dos macacos no país, desta vez no Rio Grande do Sul. Nessa segunda-feira (30), o Ministério da Saúde informou que apura as duas primeiras suspeitas da doença, uma em Santa Catarina e outra no Ceará . Nenhum diagnóstico foi confirmado no país até o momento.

No Ceará, entretanto, a Secretaria de Saúde afirmou que a principal hipótese é que o caso seja de varicela (catapora). A pessoa possivelmente infectada mora na capital do estado, Fortaleza, não esteve em nenhum lugar que teve casos confirmados da doença ou teve contato com contaminados.

Em Santa Catarina, o caso investigado é de uma mulher de 27 anos que mora Dionísio Cerqueira, cidade que faz divisa com o Paraná e está na fronteira com a Argentina,  país que confirmou os primeiros casos do vírus na América Latina.

A paciente catarinense foi internada com erupções cutâneas, febre, dificuldades para engolir, dores musculares, fraqueza e aumento dos gânglios linfáticos. A secretaria estadual informou que os sintomas começaram há uma semana e a mulher espera o resultado de exames. Ela está sendo monitorada pelo centro de vigilância do município.

O Ministério da Saúde disse que está "em contato com estados para apoiar no monitoramento e ações de vigilância em saúde", diante das primeiras suspeitas. Além disso, o governo federal criou uma sala de situação para acompanhar o avanço da doença.

Um informe da pasta com dados internacionais mostra que há 333 casos confirmados de varíola dos macacos em 23 países

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários