Ameba
DPDx, George Healy, Ph.D, USCDCP
Ameba "comedora de cérebro"

Um nadador de 35 anos, que não teve o nome divulgado, morreu na última quinta-feira infectado pelo protozoário Naegleria fowleri, conhecido como ameba "comedora de cérebro" . O paciente contraiu a doença quando nadava em um lago no sudeste de Iowa, nos Estados Unidos, em 8 de julho. A morte foi confirmada pelo Departamento de Saúde e Serviços Sênior do Missouri, estado onde a vítima morava.

O homem morreu de meningoencefalite amebiana primária, uma infecção rara e devastadora do cérebro, segundo a rede de televisão americana NBC. Ele estava internado em estado grave em uma unidade de terapia intensiva (UTI) desde 11 de julho.

Após a confirmação da doença, o Departamento de Saúde e Serviços Humanos de Iowa fechou a praia no Parque Estadual Lake of Three Fires, no condado de Taylor.

"O fechamento é uma resposta preventiva a uma infecção confirmada de Naegleria fowleri em um residente do Missouri com exposição potencial recente enquanto nadava na praia", diz o comunicado à imprensa divulgado pelo órgão de saúde.


Outras 154 pessoas foram diagnosticadas com meningoencefalite amebiana primária, em decorrência do Naegleria fowleri, desde 1962, de acordo com levantamento publicado pela Fox News.

A ameba é comumente encontrada em água doce quente, como lagos, rios e lagoas. A Naegleria fowleri entra no corpo pelo nariz e vai até o cérebro, onde destrói o tecido cerebral. A infecção não pode ser transmitida de uma pessoa para outra.

No estágio inicial da infecção, os sintomas podem incluir forte dor de cabeça, febre, náuseas e vômitos, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos. À medida que a infecção piora, os sintomas - que aparecem de um a nove dias após a exposição à ameba - podem evoluir para rigidez do pescoço, convulsões ou alucinações.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários