Vacina Covid-19
Pixabay
Vacina Covid-19

Nomeada Versamune-CoV-2FC, a vacina contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) totalmente desenvolvida no Brasil avançou nos estudos e agora aguarda aprovação para dar continuidade aos testes. O medicamento pode integrar os projetos de globais que buscam uma prevenção definitiva contra a Covid-19 .

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) acabou de dar apoio ao novo medicamento, que agora aguarda aprovação de financiamento pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A próxima fase será desenvolver testes para habilitação da vacina  pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A tecnologia da nova vacina combina uma proteína SARS-CoV-2 recombinante, desenvolvida pela Farmacore, com uma nanotecnologia de ativação das células-tronco, da PDS Biotech. “A vacina é de fácil escalonamento, o que vai possibilitar sua fabricação em território brasileiro e licenciamento aos demais países ”, explicou Helena Faccioli, CEO da Farmacore.

A ideia do projeto é produzir e testar um antígeno capaz de provocar resposta imunológica rápida contra o novo coronavírus . Para desenvolvimento dos estudos foi realizada uma análise de bioinformática, ramo da ciência baseado na experimentação in silico, que visa o agrupamento, interpretação e elucidação de eventos biológicos por meio da organização e compreensão de dados e informações.

A bioinformática é uma inovação importante que diferencia a Versamune-CoV-2FC das demais que estão sendo produzidas pois "ao mesmo tempo em que se induz a produção de anticorpos pelo mecanismo do antígeno da proteína do vírus - imunidade adaptativa - também reforça sobremaneira a resposta imunológica diretamente no sistema de defesa celular", explica Helena.

    Veja Também

      Mostrar mais