O Reino Unido e o Bahrein aprovaram o uso do imunizante na última semana
Foto: Reprodução
O Reino Unido e o Bahrein aprovaram o uso do imunizante na última semana

A Health Canada, agência reguladora do Canadá, aprovou nesta quarta-feira (9) o uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. O país é o terceiro a aprovar o uso do imunizante.

Após a revisão de dados, os canadenses concluíram que a vacina é segura e eficaz e já pode ser aplicada em todo o país, em pessoas maiores de 16 anos. A vacinação será gratuita e administrada primeiro em pessoas do grupo de risco e profissionais da saúde.



"A Health Canada recebeu a submissão da Pfizer em 9 de outubro de 2020 e após uma revisão completa e independente das evidências, a Health Canada determinou que a vacina Pfizer/BioNTech atende aos rigorosos requisitos de segurança, eficácia e qualidade do Departamento para uso no Canadá", diz o comunicado.

O primeiro-ministro Justin Trudeau disse que a vacinação deve começar ainda em dezembro de 2020. O Canadá tem um acordo com a Pfizer para receber 20 milhões de doses, suficientes para vacinar 10 milhões de pessoas.

O Reino Unido e o Bahrein aprovaram o uso do imunizante na última semana. Na terça (1º), a Pfizer pediu autorização para uso de sua vacina contra a Covid-19 na Unão Europeia. A decisão deve sair até 29 de dezembro.

Nesta terça (8), o Reino Unido começou a vacinar sua população. Uma senhora de 90 anos, Margaret Keenan, foi a primeira a receber a dose. O país europeu é o primeiro a iniciar campanha de vacinação, o que pode ser um divisor de águas no combate ao novo coronavírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários