Órgãos apuram fraudes na vacinação contra Covid-19
Pixnio/Creative Commons
Órgãos apuram fraudes na vacinação contra Covid-19

O Ministério Público de Goiás abriu uma seguna investigação para apurar fraudes na aplicação da vacina. Assim como no primeiro caso, a ocorrência envolve uma falsa aplicação do imunizante em um idoso, que percebeu que o líquido continuou na seringa. A enfermeira, então, reconheceu o erro e aplicou a vacina corretamente.

Além do vacinado, o filho do idoso e mais duas enfermeiras que estavam presentes são testemunhas. A profissional que cometeu o erro será ouvida nesta sexta-feira (19) pela promotoria para que seja apurada se houve intenção ou não de interferir na imunização.

Caso seja comprovada má fé, a profissional de saúde pode ser encaminhada para o conselho de ética da profissão e pode ser afastada do cargo. Além disso, há um projeto de lei que busca criminalizar ações que interferem na vacinação para benefício próprio ou comercialização, ainda em tramitação na câmara.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários